Daniel Campos

Ou exibir apenas títulos iniciados por:

A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z  todos

Ordernar por: mais novos   título

Encontrados 85 textos. Exibindo página 1 de 9.

03/05/2017 - Bem marcado

E quando o amor
Nascido da paixão
Desenfreada
Enfim me achar...
Que deixe marcas
Que fiem
Sentimento
E desafiem
Até mesmo o tempo
Quiçá, o fim.


Comentar Seja o primeiro a comentar

28/04/2017 - Beijo-vivo

Fecha a boca e me ama!
Pra que discutir e ferir
Se o melhor de nós é amar?
Discussões nos afastam
Do coração e da cama.
Pra que cobrar, reclamar
Quando o amor nos basta?

Não desperdice suas energias
Ou me ama ou não me chama!
Se for para arrumar briga
É melhor tomar outro rumo.
O beijo-vivo é o que dá liga,
Cria asas e faz de dois, “uno”.


Comentar Seja o primeiro a comentar

27/04/2017 - Baleia do amor

Vamos brincar, vambora jogar
O que chamo “baleia do amor”,
A gente se desafia a se amar
Cada vez mais, e mais e mais,
Num amor que nunca é demais...

A gente alimenta nosso coração
Que cresce de peixe à baleia,
Feito lua minguante à cheia,
Com abraços, beijos, amassos
Carícias numa teia de carinhos...

E nas delícias do romantismo,
A gente vence medos e traumas
E se ama incondicionalmente
Curando a nossa própria alma...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

20/04/2017 - Borogodó

Meu peito não é de aço
Meu braço não é laço
Pode romper o abraço
Se você perder o passo
Do nosso amor

É preciso borogodó
Não atravessar o tom
Do que somos nós
Não me deixe só
Longe do seu batom


Comentar Seja o primeiro a comentar

29/11/2016 - Bailarina na minha mão

Baila
Baila bailarina
Baila
No quarto, no palco
Na esquina...
Baila
No asfalto
No céu
Cinderela-rapunzel...
Baila
Baila bailarina
Pequenina
No centro
Do meu coração...
Baila bailarina
Sozinha
Cá dentro
Da minha mão...


Comentar Seja o primeiro a comentar

10/11/2016 - Beijo de coração

Beijo de coração
Mesmo roubado
Não pede perdão


Comentar Seja o primeiro a comentar

09/10/2016 - Bigorna do tempo

Sua lembrança
Chega e se instala
Me tira a fala
E o juízo
Faz lambança
Atiça minha tara
E depois desaparece
Como quem diz
Esquece
De repente
Me vira a cara
E se torna
Novamente
O que nunca quis:
Lembrança

Uma lembrança
Que perdura
E entorna
O sentimento
E é tão dura
Como a bigorna
Do tempo.


Comentar Seja o primeiro a comentar

23/09/2016 - Beijo de cidreira

Um beijo de capim cidreira
Para acalmar a batedeira
Que seu existir me causa

Vem me beija, me coloca
Para dormir na sua asa
Depois de me dar canseira

Deixa eu te beber, me cheira
Mesmo sabendo que você
Existe sem mais nem porquê

Chá de capim cidreira pra dar
E vender em beijos de fusão
Que alimentam a imaginação.


Comentar Seja o primeiro a comentar

18/09/2016 - Beija a minha boca

Beija a minha boca
Quando eu digo não
Beija a minha boca
Quando eu dou adeus
Beija a minha boca
Quando eu a ignoro
Beija a minha boca
Quando eu me fecho
Beija a minha boca
Quando eu choro
Beija a minha foca
Quando eu fujo
(Dos) Pros seus lábios


Comentar Seja o primeiro a comentar

19/08/2016 - Blue e red

Tive medo de te perder
Mas amor não se perde

Veio o medo de me esquecer
Mas amor ao tempo não cede

Tive medo de não me querer
Mas amor só é blue se for red


Comentários Comentários (1)

      1  2  3  4  5   Seguinte   Ultima