Daniel Campos

Ou exibir apenas títulos iniciados por:

A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z  todos

Ordernar por: mais novos   título

Encontrados 301 textos. Exibindo página 1 de 31.

04/06/2017 - Sem mentir

Se for para mentir
Nem abra a boca...
Se não for pra florir
Leva teus espinhos
Pra longe de mim...
Se tua voz é rouca,
Se tua força é pouca
Pra falar eu te amo
Nem fale nada,
Pega tua estrada
Pois teus caminhos
Te levam de nós,
Teus pergaminhos
Dizem-nos o fim
Entre versos e pós...
Se for para mentir
Suma daqui
Me deixe a sós.


Comentários Comentários (1)

25/05/2017 - Sem lero-lero

A essa hora
Nada mais espero
Do meu dia
Toda fantasia
É pouca
Agora eu só quero
Uma boca
Para eu me jogar
Nu de culpas
Ou desculpas
Nada de lero-lero
Eu só quero amar.


Comentar Seja o primeiro a comentar

23/04/2017 - Se ame mais

Eu me cansei
Dos seus caprichos
De ser maltratado
Feito bicho, feito lixo.

Eu me entreguei
Aos seus propósitos
E de tão malcuidado
Meu amor veio a óbito.

Eu me liguei
Que num amor a dois
Um não vem sempre depois.

Eu te soltei,
Deixando-a ser feliz
Como você nunca me quis.

Eu reavaliei,
Acordei e me libertei
Me perdoei, pois eu te amei.
...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

21/04/2017 - Sol em Touro

O sol
Já está em Touro,
A teimosia está no ar
Quem quer mudar?
Touro resiste, insiste
Com os pés no chão,
Seu couro resiste
Ao corte da transformação,
Touro é um convite
À materialização,
Ao mundo concreto
Realista, vive o presente
E quer tudo por perto.

O sol
Já está em Touro,
Há um chamado à Terra
Pelos campos berra
O “eu tenho”
Que conflita
Com o “eu Sou”, ...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

18/04/2017 - Sem medo, por favor

Não tenha medo de me perder, pois eu não sou de esquecer quem amo.

Enquanto houver amor, distância ou tempo não nos separam.

Atenção: não me sufoque, pois sofro de claustrofobia aguda.

Pode me soltar, pois eu não sou de fugir do que amo.

Não tenho medo, tampouco me engano quando o assunto é amor.

Então, relaxe, pode me deixar livre, pois eu sei como se vive o nosso encaixe.

Tudo certo no momento certo e nada chega ao fim antes do fim. ...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

24/11/2016 - Seu Blue

Eu caí
Na sua rede
Subi
Pelas paredes

Eu gritei
Seu nome
E implorei:
Não me deixe com fome

Descobri
Seu paradeiro
E me instalei
Em seu corpo feito hospedeiro

Eu absorvi
Os seus dramas
E me atirei
De corpo e alma na sua cama

Eu escolhi
Abrir mão de tudo
Me dediquei
Apenas à sua boca de veludo

Eu me rendi
Ao blue, seu coração azul ...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

17/09/2016 - Siga seu caminho

Se me encontrar
Finja
Que desconhece
Meu nome
E quem sou
Se tiver vontade
De dizer
Oi
De relembrar algo
De perguntar
Sei lá o que
Cala sua boca
Como um dia
Calou meu amor...

Calou na marra
Calou à força
Calou com dor
Na base
Da traição
Então
Se me ver por aí
Por favor
Siga seu caminho
E me deixe
Seguir o meu
Você que pariu o adeus...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

16/09/2016 - Seu corpo poema

Seu corpo
Poema
Na minha cama

Dilema
Entre o sopro
E a chama

E inflama
O meu coração
Que o aclama

Imaginação
Emblema
Sem troco

Seu corpo
Cantilena
Do meu oco.


Comentar Seja o primeiro a comentar

08/09/2016 - Só um colo

Hoje eu só queria um colo
Não importa de quem
Nem de onde ele viria
Um colo quieto e firme
Como pedra na praia
Que aguenta tudo do mar
Sem dizer nada
Sem desistir das ondas

Hoje eu só queria um colo
Que não se importasse
Com meu choro corrido
Com meus fatos tristes
Com minha má companhia
Um colo na medida certa
Que me aquietasse
Sem dizer uma só palavra

Hoje eu só queria um colo...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

06/08/2016 - Sapo príncipe

Eu sou o sapo
Que coaxa no brejo do seu coração
Eu sou o sapo
Que não acha para o amor explicação...
De fato
Eu sou o sapo
Que segue te amando
Esperando seu beijo quebrar a maldição
Da bruxa do espigão.

E mesmo sapo eu te amo e eu te chamo
Vivendo por um segundo da sua atenção
E não me importo de ir sob o teu sapato
De ser tratado com destrato
De ser visto como um trapo
Um sapo que coaxa chato ...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

      1  2  3  4  5   Seguinte   Ultima