Daniel Campos

Ou exibir apenas títulos iniciados por:

A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z  todos

Ordernar por: mais novos   título

Encontrados 101 textos. Exibindo página 10 de 11.

Fugir

Fugir
Não é a melhor alternativa
Aliás
Fugir não é uma tentativa
Única ou pior.
Fugir
É se esconder
É se negar
É deixar tudo como está.
Fugir
É a prova maior da covardia.
Fugir
É uma falsa fantasia
Que acaba
Mais dia menos dia.
Fugir
Não é para os que amam
Para os que acreditam
Para os que lutam.
Fugir
É ceder
É aceitar
É se render
Ao sonho que se refuga.
Fugir...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

28/08/2015 - Fugir pra quê?

Não adianta se esconder
Quando eu olho no espelho
Ou até mesmo fecho os olhos
Eu lhe encontro
Mesmo que isso vá me doer


Comentar Seja o primeiro a comentar

20/11/2015 - Fui ou não pirata

Eu fui pirata
Do barril
Tomei navio
E fragata
E um rio
De rum

Não fui pirata
Algum
Só tive segredo
Um barco de lata
E papagaia brava
Que não falava

Meu tesouro
Não tá em arca
Nem em lata
Tenho tanto ouro
Quanto sou pirata


Comentar Seja o primeiro a comentar

17/05/2014 - Funciona assim

Porque funciona assim mesmo
Você sai quando eu ainda chego
Você em paz e eu no desassossego
Segue na retidão e eu a esmo

Um dia os corações se cruzarão
E nesse dia nada mais será ilusão
Ou realidade, tudo será perfeito
À nossa maneira, à nossa verdade

Até lá, fazer o quê? Dá-se um jeito
De se ir vivendo o que se vai querendo
De se ir tendo o que não se pode ter
O que vale é amar sem se arrepender


Comentar Seja o primeiro a comentar

Fundo falso

Queria olhar para além daquelas coisas
Queria ir para além daquelas coisas
Queria saber para além daquelas coisas.

Coisas todas que num tempo, tive
Ou melhor, que pensei um dia ter
E, sem querer deixar, deixei.

Deixei-me no armário onde se deixou
Um dia, ali, junto com as roupas
Que por algum tempo foram suas.

Certamente não se lembra mais
As cores, os desenhos, os tecidos
Que foram parte do seu corpo.

Uma época que ficou sozinha...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

20/02/2016 - Funeral no mar

A noite corre
Feito um rio
Doce que morre
No vazio do mar

E todo açúcar
De um luar
Se entrega
Ao sol de sal

E toda nuca
Se arrepia
Pelas ondas
Da cotovia

E fica maluca
Quando enxerga
A sombra
Do dia a dia

E o faroleiro
Bem faceiro
Alumia o funeral
Do rio no mar


Comentar Seja o primeiro a comentar

Futurista

Só pela dor
Se compreende
O trovador
Que trova
Pelas madrugadas
Trovas
Em prova
De uma namorada
Pós-moderna
Que assiste
Novelas medievais
E suspira
Por amores
À luz de velas
Fluorescentes
E se veste
Numa nudez de donzela
E vai à janela
De o décimo andar
E ameaça se jogar.

Lá embaixo
Ele estende os braços
Sofre com o marca-passo
Enquanto ela
Sorri satisfeita...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

Futurístico

E agora, o futuro?
O que será do futuro?
Ao menos do futuro que eu imaginei
Eu e você
Sozinhos no futuro
Agora,
Eu não sou ninguém
E você foi além
Da minha imaginação.


Comentar Seja o primeiro a comentar

Futuro do passado

Vai-se cada vez mais longe o dia
O dia da gente se encontrar
O calendário anda ao contrário
Quando se vê ameaçado
Ameaçado de acabar
De acabar antes do fim.

Sem você apaguei
As marcas do amanhã
E risquei os dias
Em que fiquei preso em mim.

Eu programei o despertador
E o alarme disparou ontem
Ontem foi quando acordei
Pensando que era futuro
Futuro do passado
E nós dois: separados.


Comentar Seja o primeiro a comentar

11/05/2014 - Futuro do presente

Vem
Vem buscar o seu amor
O seu menino
Que corre pelas camas
Dizendo que te ama
Leia meus desenhos
Decifra meus passos
Sabe de onde venho
Por quem me enlaço
Vem
Com seu colo menina
Ninar o futuro seguro
Que nos ensina
Sobre o movimento
Da vida que nasce
E renasce
Em sentimento
Nos braços seus nos meus
Vem
Vem perder o medo em mim
E andar mão na mão
Cantando e contando...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

Primeira   Anterior   7  8  9  10  11   Seguinte   Ultima